Quinta-feira, 7 de Dezembro de 2006

MULTIPLICIDADE DE EXPERIÊNCIAS ARTÍSTICAS

 

Pablo Picasso                                       Wassiliy Kandinsky

1- Indica as principais correntes artísticas das primeiras décadas do séc. XX

    e um representante de cada.

 2- Elabora um biografia sintese de Amadeo de Souza Cardoso

 

publicado por nonoahistoria às 12:19
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De Cátia Figueiredo nº6 a 8 de Dezembro de 2006 às 15:37
A primeira metade do séc. XX caracterizou-se por uma diversidade de correntes artistícas. Entre elas destacaram-se o Fauvismo, o Expressionismo, o Cubismo, o Abstraccionismo, o Futurismo e o Surrealismo. O Fauvismo caracteriza-se pela rejeição da perspectiva, ausência de modelado e pela exaltação das cores. Um quadro muito conhecido que representa bem este tipo de arte é "Mulher de Chapéu" de Henri Matisse. O Expressionismo caracteriza-se principalmente pela forma e cor que os artistas utilizavam para transmitir o mundo interior e os sentimentos. Edvard Munch ficou bastante conhecido pelo seu famoso quadro "O grito", que retrata bem o Expressionismo. O Cubismo é um movimento artístico que se caracteriza pela redução dos objectos representados em figuras geométricas e pela multiplicidade de planos. "As meninas de Avignon" é um quadro de Pablo Picasso que demonstra bem o Cubismo. O Abstraccionismo é um tipo de arte não figurativa em que as linhas e cores são conjugadas de forma subjectiva e em que há um grande contraste com as diferentes cores. Wassily Kandinsky foi um dos pintores que retratou este tipo de arte, por exemplo, com o quadro "Esboço II para a composição VII". O Futurismo é um movimento artístico que se destaca pela axaltação do movimento da máquina, da vida urbana e do mito da velocidade. Um dos muitos pintores que ficou conhecido devido a este tipo de arte foi Marcel Duchamp com o quadro "A transição de virgem a mulher". Por fim, o Surrealismo é uma corrente artítica em que as imagens reflectem situaçôes normalmente impossíveis e irracionias. Salvador Dali foi um pintor que ficou bastante conhecido por este tipo de arte. Um dos seus famoso quadros é "A persistência da memória".


De nonoahistoria a 10 de Dezembro de 2006 às 19:26
Muito bem...o professor


De Ana Lúcia nº 2 a 9 de Dezembro de 2006 às 00:30
O fauvismo, o expressionismo, o cubismo, o futurismo, o abstraccionismo e o surrealismo foram as principais correntes artísticas das primeiras décadas do séc. XX.
Fauvismo- caracteriza se pela interpretação livre da natureza. Pintores-Vlaminck e Henri Matisse (A Mulher do Chapéu).
Expressionismo- o artista representa os objectos conforme a sua percepção. Pintores-Otto Dix e Edvard Munch(O Grito).
Cubismo- caracteriza se pela redução da natureza a formas geométricas. Pintores- Pablo Picasso( As Meninas de Avignon) e Georges Braque.
Futurismo-Está caracterizado pela captação do movimento. Pintores- Boccioni, Marcel Duchamp(A Transmição de Virgem a Mulher) e Delaunay.
Abstraccionismo- Pintura não figurativa. Pintores- Wassily Kandinsky e Piet Mondrian.
Surrealismo- Explora o mundo do sonho, da alucinação e do subconsciente. Pintores-Salvador Dali(A Persistência da Memória), René Magritte e Masc Ernest.


De nonoahistoria a 10 de Dezembro de 2006 às 19:24
Muito bem...
O professor


De jose almeida a 10 de Dezembro de 2006 às 13:56
As principais correntes artisticas no sec. XX sao: o fauvismo que é representado por Henri Matisse e Vlaminck, cubismo está representado por Pablo Picassso e Georges Braque, futurismo é representado por Boccioni marcel Duchamp, abstraccionismo por Wassily Randinsky; Piet Mondrain, surrealismo é repesantado por Salvador Dali Max Ernest.,expressionismo Otto Dix edvard Munch.


De nonoahistoria a 10 de Dezembro de 2006 às 19:28
É preciso mais rigor, alguns nomes não estão corretos...o professor


De Francisco Lopes a 10 de Dezembro de 2006 às 17:48
A primeira metade do século XX caracterizou-se por uma diversidade de correntes artísticas e literárias. A inquietação, a instabilidade e as transformações sociais e morais decorrentes da 1ª Guerra Mundial estão na origem destas novas formas de encarar as artes e a literatura.
Paris foi o grande centro de criação artística, local onde chegavam artistas e escritores de todas as nacionalidades. Os novos movimentos artísticos que apareceram reflectiam a angústia, o desespero e o pessimismo da sociedade.
Na pintura destacaram-se alguns movimentos, tais como: o Fauvismo, o Cubismo, o Futurismo, o Abstraccionismo, o Surrealismo e o Expressionismo.
O Fauvismo é a interpretação livre da Natureza e caracteriza-se pela ausência do modelado e pela rejeição da perspectiva (entre outras características). Alguns dos pintores que se destacaram nesta corrente artística foram: Henri Matisse, que pintou "A Mulher do Chapéu", e Vlaminck.
O Cubismo baseia-se na redução da Natureza a formas geométricas e caracteriza-se pela multiplicidade de planos e pela utilização de grandes planos de cores sóbrias. Alguns pintores que se destacaram nesta corrente artística foram: Pablo Picasso, que pintou as "Meninas de Avignon", e Georges Braque.
O Futurismo pretende representar o movimento e caracteriza-se pela alternância de planos, pela mobilidade no controlo das formas e pela fragmentação da luz. Alguns pintores que se destacaram nesta corrente artística foram: Boccioni, Marcel Duchamp, que pintou " A transição de virgem a mulher, e Delaunay.
O Abstraccionismo consiste na pintura não-figurativa e caracteriza-se pelo uso de linhas e cores conjugadas de forma subjectiva e pelo dinamismo da cor. Alguns pintores que se destacaram nesta corrente artística foram: Wassily Kandinsky, que pintou "Esboço II para a Composição VII, nº182", e Piet Mondrian.
O Surrealismo explora o mundo do sonho, da alucinação e do subconsciente e caracteriza-se pela representação de imagens surpreendentes e pelo uso da gradação cromátca. Alguns pintores que se destacarm nesta corrente artística foram: Salvador Dali, que pintou " A persistência da memória", René Magritte e Max Ernst.
O Expressionismo consiste na representação dos objectos conforme a percepção do artista e caracteriza-se pela utilização de pinceladas largas e deformadas e a forma e a cor são apenas recursos para transmitir o mundo interior e os seus sentimentos. Alguns dos pintores que se destacaram nesta corrente artística foram: Otto Dix e Edvard Munch, que pintou " O Grito".


De martim nº19 a 11 de Dezembro de 2006 às 18:53
Durante os finais do século XIX e inícios do século XX, as artes, música e a literatura sofreram muitas inovações, estilos completamente diferentes àquilo a que, na altura se estava habituado. A principal causa desta mudança e inovação foi a desigualdade social vivida na época. A Nobreza e a Alta Burguesia viviam no luxo e ostentação, enquanto o povo, o operariado e a baixa burguesia vivam miseravelmente. Para além disso, a inquietação, a instabilidade, as, depois ocorridas, mudanças sociais e morais, agravadas com o eclodir da 1ª Guerra Mundial. A pintura foi o principal tipo de arte onde as mudanças se verificaram. Os principais estilos surgidos foram: o Expressionismo, surgido em finais do século XIX; o Fauvismo, surgido nos primeiros anos do século XX, o Cubismo, ocorrido entre 1907 e 1914; o Futurismo, oficialmente surgido em 1909; o Abstraccionismo, surgida nos inícios do século XX, depois do Cubismo e do Futurismo e o Surrealismo, surgido nos anos 20. O Expressionismo foi das primeiras a surgir e tinha como principais características revelar sentimentos únicos através das características cores violentas e garridas, pinceladas largas e imagens deformadas. Um dos seus principais expoentes foi Eduard Munch e um dos seus quadros mais famosos, "O Grito". O Fauvismo vem da palavra francesa "fauve", que significa selvagem. A sua principal característica era a sua interpretaçaõ livre da Natureza e a rejeição da perspectiva (técnica utilizada desde o Renascimento). Um dos seus expoentes máximos foi Henri Matisse e um dos seus quadros mais famosos, "A Mulher com o Chapéu". O Abstraccionismo foi um estilo de pintura que tinha como principal característica a pintura não-figurativa, realçada por linhas e cores conjugadas de forma subjectiva. Um dos seus principais pintores foi Wassily Kandinsky e uma das suas obras-primas foi "A Composição V". O Cubismo teve como característica principal reduzir a Natureza a formas geométricas e as suas múltiplas perspectivas. Um dos pintores mais famosos, tanto a nível do Cubismo, como da arte mundial, foi Pablo Picasso, cuja arte se caracteriza por vários períodos, entre eles o "Período Azul" e um dos seus quadros mais famosos foi "O Reservatório", obra que inspirou o português Amadeo de Souza Cardoso a pintar o seu "Castelo". O Futurismo foi uma arte que tinha como principal objectivo a captação do movimento e os seus pintores trabalhavam com cores muito contrastadas. Um dos seus maiores representantes foi Marcel Duchamp e um dos seus quadros foi "A Fonte". O Surrealismo foi um estilo que tinha como característica principal a exploração do mundo do sonho, da alucinação, do imaginário, do subconsciente, que era destacado por imagens surpreendentes, que transmitiam situações impossíveis e irracionais. Um dos maiores génios surrealistas foi o catalão Salvador Dalí, em que uma das suas grandes obras foi "O Canibalismo de Outono". Paris foi o verdadeiro centro destes novos estilos de arte, à qual chegavam pintores de todas as partes da Europae, e mesmo do Mundo. Mas não foi só Paris que foi um dos grandes centros. Enquanto esta foi o principal centro do Fauvismo, outras cidades, como Berlim e Viena, foram grandes centros de Expressionismo, principalmente, e também outras como Londres, etc.


De Susana Marques, nº25 a 12 de Dezembro de 2006 às 14:54
As principais correntes artísticas da primeira metade do séc. XX foram o fauvismo, o expressionismo, o cubismo, o futurismo, o abstraccionismo e o surrealismo. O Fauvismo caracterizava-se pela interpretação livre da natureza. Alguns dos artistas reconhecidos foram: Vlaminck e Henri Matisse que pintou "A Mulher do Chapéu".
O Expressionismo caracterizava-se pela representação dos objectos conforme a sua percepção. Os pintores mais famosos foram: Otto Dix e Edvard Munch que pintou "O Grito".
O Cubismo caracterizava-se pela redução da natureza a formas geométricas. Os principais pintores foram Pablo Picasso que pintou "As Meninas de Avignon" e Georges Braque.
O Futurismo era caracterizado pela captação do movimento. Os pintores mais famosos foram Boccioni, Marcel Duchamp que pintou "A Transmição de Virgem a Mulher" e Delaunay.
O Abstraccionismo é uma pintura não figurativa. os pintores foram Wassily Kandinsky e Piet Mondrian.
O Surrealismo explora o mundo do sonho, da alucinação e do subconsciente. Os pintores foram Salvador Dali "A Persistência da Memória", René Magritte e Masc Ernest.


De Júlio Ferreira a 21 de Dezembro de 2006 às 21:44
stor . eu penso que o stor tinha dito que ia por ai o tpc de ferias aqui no blog. eu não sei bem qual é. desejava obter essa informaçao.obrigado


De Carlos Tiago a 22 de Dezembro de 2006 às 12:32
Stor..Tenho que concordar com o Júlio..O stor nao vai cá por o T.P.C......?


De nonoahistoria a 27 de Dezembro de 2006 às 15:30
Já está..é só uma pequena biografia...Boas entradas em 2007 para todos...o professor!!!


De Júlio Ferreira nº 14 a 30 de Dezembro de 2006 às 20:33
2.
Amadeu de Souza Cardoso nasceu a 14 de Novembro de 1887, em Manufe , Almada. Fez estudos neste concelho e frequentou a Academia de Belas Artes de Lisboa, em 1905. Partiu para Paris, em 1906, frequentou assim ateliers preparatórios para a admissão á s Beux-Arts parisienses.
Dedicou-se exclusivamente á pintura, tendo frequentado a Academia Viti do pintor espanhol Anglada Camarasa . Nesta primeira época realizou v á rias caricaturas e algumas pinturas marcadas por aspectos naturalistas e impressionistas. Em 1910, fez uma estadia de alguns meses em Bruxelas e em 1910 expôs o seu trabalho no Salon dês Indépendents .
Em 1914, encontrou-se em Barcelona com Gaudi e parte para Madrid onde é surpreendido com a guerra. Regressou a Portugal e casa com Lúcia Pecetto que conhecera em Paris, em 1908.
Em 1916, expõe no Porto 114 obras como Título Abstraccionismo que serão também expostas em Lisboa.
A 25 de Outubro de 1918, Amadeu morre em Espinho.


De Professor a 4 de Janeiro de 2007 às 15:07
Nasceu em Manhufe e não Manufe no concelho de Amarante e não Almada.


De José Almeida n13 a 1 de Janeiro de 2007 às 14:44
2. Frequentou o curso de Arquitectura na Academia de Belas Artes de Lisboa em 1905 que interrompeu para partir para Paris, em 1906, instalando-se em Montparnasse, tomando contrato primeiro com o Impressionismo e depois com o Expressionismo e o Cubismo, dedicando-se, assim, exclusivamente à pintura. As primeiras experiências se deram no desenho, especialmente como caricaturista. Em 1908 instala-se no número catorze da Cité de Falguière. Em Paris, frequentou ateliers preparatórios para Academia de Beaux-Arts e a Academia Viti do pintor catalão Anglada Camarasa. Em 1910 fez uma estadia de alguns meses em Bruxelas e em 1911 expôs trabalhos no Salon des Indépendants, em Paris, havendo-se aproximado progressivamente das vanguardas e de artistas como Amedeo Modigliani, Constantin Brancusi, Alexander Archipenko, Juan Gris e Robert Delaunay. Em 1912 publicou um álbum com vinte desenhos e, em seguida, copiou o conto de Gustave Flaubert, "La Légende de Saint Julien l'Hospitalier", trabalhos ignorados pelos apreciadores de arte.
Depois de participar em 1913 de uma exposição com oito trabalhos nos Estados Unidos da América, no Armory Show, voltou a Portugal, onde teve a ousadia de realizar duas exposições, respectivamente em Porto e em Lisboa. Nesse ano participou ainda no Herbstsalon da Galeria Der Sturm, em Berlim. Em 1914 encontrou-se em Barcelona com Antoni Gaudí, e parte para Madrid onde é surpreendido pelo início da I Guerra Mundial. Regressou então a Portugal, onde iniciou meteórica carreira na experimentação de novas formas de expressão, tendo pintado com grande constância ao ponto de, em 1916, expor no Porto 114 obras com o título "Abstraccionismo", que serão também expostas em Lisboa, num e noutro caso com novidade e algum escândalo.
O cubismo em expansão por toda a Europa foram influências marcantes no seu cubismo analítico.
Amadeo de Souza-Cardoso explora o expressionismo e nos seus últimos trabalhos experimenta novas formas e técnicas, como as colagens e outras formas de expressão plástica.
Em 25 de Outubro de 1918, aos 31 anos de idade, morre prematuramente em Espinho


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. VIAGEM DE FINALISTAS

. Portugal: do Autoritarism...

. AS SOCIEDADES OCIDENTAIS ...

. DA CECA À UNIÃO EUROPEIA

. O MUNDO SAÍDO DA GUERRA

. BOAS FÉRIAS E PÁSCOA FELI...

. O FIM DA GUERRA E SUAS CO...

. REGIMES TOTALITÁRIOS NA E...

. GUERRA CIVIL ESPANHOLA

. A ERA ESTALINISTA NA U.R....

.arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds